Notícias



Um dia que marcou a história da Ovinocultura de SC

No dia 15 de setembro aconteceu em Mafra(SC), o 18º Encontro Estadual de Ovinocultura, dentro das comemorações da EXPOMAFRA DO CENTENÁRIO. Foi um dia que marcou realmente para as 300 pessoas que participaram do evento!

Pela manhã foram ministradas palestras sobre Planejamento Forrageiro da Propriedade pela Prof Alda Monteiro da UFPR; em seguida o pessoal do SICOOB apresentou as diversas linhas de crédito para a ovinocultura e a Sra Bernadete Grein falou-nos sobre o recurso do FDR- Fundo Estadual de Desenvolvimento Rural disponibilizado para este evento e que visa o Fomento à Produção Agropecuária e se destina aqui a aquisição de matrizes e reprodutores pelo pequeno produtor. E finalizando a manhã a Sra Tacia Bergmann deu uma verdadeira aula de como usar a biotecnologia na produção de cordeiros, fugindo assim da estacionalidade.

A tarde o Sr Marcos Borba da EMBRAPA de Bagé e o Sr Paulo Schwab e o Sr Edegar Franco da ARCO apresentaram a todos como está o Projeto de Desenvolvimento da Ovinocultura em SC e que inicialmente foi implantado no Planalto Norte. Falaram que desde 23/09/2016 quando uma união de forças entre ACCO- ARCO – EMBRAPA – SENAR – EPAGRI – FAESC- Sindicato Rural de Mafra e ARCCO quando foi lançado o Projeto houve um grande avanço e demonstraram a todos a importância da união.

Em seguida aconteceu um dos momentos mais aguardados pelos produtores que foi o Julgamento do trio de Borregas Rústicas. Participaram do julgamento 26 trios, de borregas de rebanho comercial das raças Hampshire Down, Texel, Dorper e Ile de France onde o Sr Paulo Schwab – Presidente da ARCO e o sr Fabricio Wollmann representando a ABCIF- Associação Brasileira de Criadores de Ile de France julgaram explicando ao público presente o porque de cada escolha. O troféu que era do “Bom Pastor” foi presenteado também ao Sr Paulo Schwab como reconhecimento do trabalho que a ARCO têm feito frente aos rebanhos do Brasil.

A todos que participaram e apoiaram o evento a ARCCO- Associação Riomafrense de Criadores de Ovinos e a ACCO –Associação Catarinense de Criadores agradecem. E sobre o Projeto, que a ACCO vinha buscando há muito tempo algo que incentivasse a ovinocultura em SC, podemos afirmar: vocês conseguiram! Encontraram pessoas de bem, responsáveis por entidades que fazem verdadeiramente o seu papel. E quando há uma junção de forças do bem, tudo dá certo!

OVINOCULTURA DO PLANALTO NORTE DE SC
EVOLUÇÃO APÓS A IMPLANTAÇÃO DO
PROJETO DE DESENVOLVIMENTO DA OVINOCULTURA
ANTES DEPOIS
Existiam 3 associações de produtores: uma em Mafra e duas em Campo Alegre Além das anteriores que foram fortalecidas, foram criadas uma em Monte Castelo, outro núcleo entre os municípios de Major Vieira, Canoinhas e Bela Vista do Toldo e outras que estão se organizando. Também no dia 25 de setembro será criada a Associação Regional de Criadores de Ovinos do Planalto Norte.
Havia um ATEG- SENAR em Mafra Por haver demanda o SENAR disponibilizou outros dois projetos :um para Monte Castelo e outra para atender São Bento, Campo Alegre e Rio Negrinho
Venda pequena e informal de cordeiros A ARCCO de Mafra retomou as vendas formais a supermercados e açougues da região
Pequena venda de reprodutores e matrizes. Por exemplo em feiras de anos anteriores se vendia de 1 a 5 animais. Incremento das vendas de reprodutores e matrizes visando o aumento do rebanho. Durante a EXPOMAFRA do CENTENÀRIO foram comercializados 116 animais.
Produtores desmotivados e desunidos Produtores motivados, se organizando…O momento da união, de motivação, de busca por se profissionalizar, de crescimento dos rebanhos, é só para quem está aqui para sentir!

A todos o nosso grande abraço!!!

Os comentários estão fechados.